#IntegrandoIdeias

#IntegrandoVidas

     Quando se iniciaram os primeiros movimentos indicativos para a minha candidatura, também começamos a conversar com as pessoas. Escutar o que a comunidade do Campus Bento tem a dizer deve ser sempre o primeiro passo para se elaborar propostas e tirar encaminhamentos. 

     Não foi uma tarefa fácil e agradeço, desde já, pelas inúmeras contribuições recebidas. Foram várias reuniões presenciais, conversas individuais e visitas aos setores institucionais que possibilitaram construir proposições iniciais para a gestão 2020-2024. 

     Importante ressaltar que, com certeza, outras propostas se somarão a estas e que muitas outras ideias serão desenvolvidas ao longo dos próximos quatro anos, pois a trajetória e a história do Campus Bento referendam essa percepção. Muitos atores ajudaram a constituir um Campus que precisa recuperar seu protagonismo local e institucional. É, desta forma, que entendemos que a gestão deve se pautar: com protagonismo, com escuta, com atitude e com participação de todos.

     Por isso, tanto para mim, quanto para todos que participaram desta construção coletiva, seria uma grande honra que você dedicasse uns minutos de seu tempo para conhecer mais detalhadamente estas propostas.

     Então, junte-se a nós. Juntos nós transformamos vidas através do ensino, da extensão, da pesquisa e da integração diária de todos. E, somente juntos, podemos construir uma gestão mais democrática e colaborativa. 

     Sejam sempre bem-vindos!

Em breve nosso plano de gestão completo. Aguarde!

    O campus Bento Gonçalves é um corpo vivo e integrado e, por isto, não é possível fragmentar as propostas de gestão em compartimentos estanques. O gestor deve ter a compreensão de que uma ação definida para uma determinada área terá impacto em outra. A integração entre o ensino, a pesquisa, a  extensão e a gestão é chave para que o desenvolvimento do Campus responda de forma inequívoca à lei de criação dos Institutos Federais, ofertando a seus estudantes reais possibilidades de qualificação e transformação. Não pretendemos aqui esgotar todos os temas que são pertinentes a uma gestão colaborativa e integradora. Também não pretendemos criar ilusões de que é possível, em quatro anos, desenvolver soluções permanentes para questões que afligem nossos servidores e estudantes. Nosso compromisso é que estas proposições possam ser apenas o começo das melhorias necessárias para integrar nossas vidas e nossas ideias.

Conheça nossas propostas.

     

  • Criar espaços e fóruns de debate que transformem o diálogo com a gestão numa prática e cultura institucional;

  • Proporcionar atividades de integração para os servidores e criar ambientes de descanso e troca entre eles;

  • Integrar as ações da Assistência Estudantil ao cotidiano institucional, possibilitando condições de bem-estar para a vida da comunidade acadêmica;

  • Priorizar as estruturas que atendem diretamente as demandas dos cursos, tais como laboratórios, salas de aula, estação experimental, entre outras;

  • Estabelecer espaço de integração entre direção e estudantes através do programa Momento #Daora, no qual o Diretor irá dialogar com os estudantes sobre suas demandas; 

  • Resgatar o protagonismo do Campus Bento com projetos que ampliem as relações com a comunidade externa regional, nacional e internacional;

  • Incentivar a participação dos estudantes para desenvolver potenciais soluções para o Campus Bento Gonçalves através de espaços integrados de discussão;

  • Ampliar a rede de internet do Campus;

  • Estabelecer mecanismos de ampliação da transparência institucional, com prestação de contas regular e periódica de investimentos, despesas e planejamento do Campus, possibilitando uma participação mais efetiva da comunidade; 

  • Desenvolver atividades e programas na área da saúde física e mental que valorizem a qualidade de vida de servidores e alun@s;  

  • Fomentar ações de valorização para projetos de inovação e de incubadoras tecnológicas e sociais;

  • Elaborar um projeto pedagógico para as estruturas de ensino do Campus, tais como Estação Experimental Tuiuty, Vinícola, Refeitório e Agroindústria;

  • Fomentar projetos que se articulem com as demandas da comunidade interna e externa, com impacto social e econômico no entorno institucional;

  • Instituir Ciclos de Formação para Docentes e Técnicos-administrativos, com reuniões mensais, respectivamente, cujas temáticas serão oriundas das demandas dos servidores e com certificação anual; 

  • Integrar as áreas de conhecimento dos cursos, incentivando a construção e o compartilhamento de boas práticas e possibilitando a criação de grupos de pesquisas multidisciplinares;

  • Promover ações de integração da equipe gestora à comunidade acadêmica do Campus Bento Gonçalves, através de uma gestão participativa; 

  • Discutir e sistematizar ações de gestão estratégica dos recursos institucionais;

  • Desenvolver atividades de acolhimento a novos servidores que possibilitem a eles uma melhor compreensão do funcionamento do Campus; 

  • Ampliar o apoio e o suporte aos servidores e bolsistas que atuam no atendimento de Pessoas com Necessidades Especiais;

  • Articular os setores do Campus Bento Gonçalves para desenvolver projetos coletivos e integradores que valorizem as potencialidades da instituição; 

  • Implementar efetivamente o Grupo de Trabalho para ações de permanência e êxito dos estudantes, integrando-o à dinâmica pedagógica da instituição.

  • Implementar grupos de discussão e ações que possam estimular a desburocratização dos fluxos de trabalho institucional; 

  • Discutir a possibilidade de implementação de fontes alternativas de energia no campus Bento Gonçalves;

  • Incentivar a discussão sobre gestão de projetos nas áreas de atuação do campus, utilizando para isso a estrutura disponibilizada pelo Escritório de Projetos do IFRS;

  • Incentivar semanas de integração entre os cursos do Campus, com atividades para estudantes e servidores, apresentando temáticas de interesse comuns;

  • Instituir um Comitê Gestão de crise preparado para atuar na avaliação de riscos e prevenção de ocorrências que possam afetar o funcionamento do Campus. 

  • Viabilizar a participação da comunidade acadêmica em atividades de pesquisa, extensão, esportivas, artísticas e culturais externas ao Campus Bento Gonçalves; 

  • Incentivar o desenvolvimento de projetos cooperados que ampliem a prospecção de recursos alternativos para a instituição;

  • Realizar um diagnóstico sobre a comunicação interna da instituição, com o objetivo de implementar ações que dinamizem o fluxo de informações e a integração da comunidade;

  • Fomentar o desenvolvimento de macroprojetos institucionais que envolvam diferentes áreas do conhecimento.

  • Investir na qualificação tecnológica de suporte aos cursos EAD, potencializando a inserção e o protagonismo do Campus Bento Gonçalves;

  • Construir com a comunidade acadêmica um Plano Diretor para o Campus Bento Gonçalves, que contemple a utilização dos espaços físicos da instituição, tais como estacionamento, áreas de trabalho e convivência, estabelecendo prazos e metas para sua implementação;

  • Desenvolver estratégias de divulgação e orientação aos estudantes que desejam ingressar na instituição, explicando de forma clara o sistema de cotas, os cursos, vagas, formas de ingresso;

  • Discutir a implantação de um Plano de Internacionalização para o Campus capaz de integrar ações para a mobilidade emissiva e receptiva de estudantes, com destinação de recursos específicos para o mesmo.

  • Instituir o Fórum Permanente de Discussão da Pós-Graduação no Campus Bento Gonçalves; 

  • Promover a avaliação dos sistemas integrados do campus, com o objetivo de diagnosticar possibilidades de melhoria;

  • Incentivar o estudo e as discussões sobre a trajetória de vida dos egressos do Campus Bento Gonçalves, viabilizando ações de apoio efetivas para isso; 

  • Criar o Fórum Especial de Segurança do Campus Bento Gonçalves, com o objetivo de implementar soluções de curto, médio e longo prazo

Acompanhe nas redes sociais:
  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social